Ao Amigo


"Eis que o céu se ilumina à nossa chegada

E ainda brilha com a nossa partida

Tão breve é a nossa vida"




Em memória do jornalista Nuno Castro Ferreira, que morreu domingo, no Porto, aos 39 anos, vítima de doença súbita.Nascido a 16 de Outubro de 1967, no Porto (Campanhã), o repórter integrou as equipas da rádio Press, da TSF e do canal de televisão TVI.Na década de 90, Nuno Castro Ferreira foi o primeiro jornalista português a entrar em Timor-Leste depois da invasão indonésia, tendo em Março de 1992 integrado a comitiva do Lusitânia Expresso, navio que saiu de Lisboa com o objectivo de apoiar a luta pela autonomia do território timorense.Actualmente, Nuno Castro Ferreira estava ligado a projectos de assessoria de imprensa e era colaborador da revista Vilas & Golfe.
.
Fonte:
Lusa/Sol
.
.
Esta é uma entrada de pesar, e profunda solidariedade para com a sua Amada família.
.
.
Bollamaria

4 comentários:

Anónimo disse...

É na qualidade de amigo do Nuno que escrevo a agradecer o seu post. Partiu um amigo com um saber e uma cultura acima da média, um grande portista, um grande fotógrafo, um grande pai, certamente uma pessoa para recordar.

FAP-From Another Planet disse...

Deixo os meus pesames á familia e aos amigos que conviveram com tão grande senhor!
Perde-se um ser maravilhoso e ganhamos mais uma estrela para o nosso firmamento!!

F.A.P

Verruga disse...

Dificil ver partir alguém tão jovem e que, pese embora tendo já "obra feita", teria com certeza muito mais para dar à nossa sociedade.
Ficamos mais pobres sem duvida. Fica aqui também a minha solidariedade na dor, tanto para com a sua familia como para com todos os que tiveram o privilégio de ser seus amigos.

whity disse...

Não me posso considerar sua amiga. Talvez só mesmo um alguém do seu curto passado como professor a quem ligava de vez em quando para matar saudades e contar as novidades mais recentes. Fiquei chocada. Nunca esperaria receber aquela chamada, aquela notícia. Queria poder ter-lhe dito, ao menos, um último adeus. Queria ter aceite o convite de "irmaos ao copos um dia destes". Pensei que teria mais tempo. Hei-de bebê-los em tua honra. Adeus...