Curtas


Afinal não sou inconstante, só procuro descobrir aquilo de que não preciso para ser feliz.

By Bollamaria

4 comentários:

Bolladepressão disse...

mas se nao precisas pq procuras????
nao se mera perda de tempo???
Esse caminho é o mais longo

beijos grandes
bolladepressão

BoLLamaria disse...

Só observando aquilo de que não preciso, aprendo e descubro aquilo que sou.
Sim, talvez seja o caminho mais longo mas nunca uma perda de tempo, até porque aprender é a unica coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo nem se arrepende...

Amiga estás a precisar de ler um bom livro :) " O monge que teve que vender o ser Ferrari" uma escolha excelente

Beijocas
Bollamaria

Bolladepressão disse...

Aquilo que postas-te não foi exactamente o que estas a dizer, observar aquilo de que se precisa é de facto um camigo inteligente para encontrar a felicidade e a paz.Mas procurar... tudo isso é cansativo e por vezes uma perda de tempo. cada um tem o seu caminho a percorrer.
Olha acabei de ler um bom livro sobre isso, » uma chuva de diamantes»
o monge que teve q vender o Ferreri já li há algum tempo.
Mas a vida tem-me respondido direitinho ao que eu tenho que arender...é preciso parar e saber ouvir..
beijos
Acho que vieste diferente destas ferias.
+ 1 beijo
bolladepressao

BoLLamaria disse...

Minha querida Bolladepressão tenho de contestar mais uma vez a tua apreciação, sabes que a interpretação de uma citação é condicionada por quem a tenta interpretar mas é legitimo que a verdade esteja do lado de quem a cita.
Se leres com atenção não digo que ando "à procura daquilo de que não preciso"(muito menos de TUDO como afirmas) mas sim que "procuro descobrir" isto é, das coisas que se vão cruzando no meu caminho, procuro ficar com as que são realmente importantes, por eliminação descubro isso facilmente.

Não venho diferente mas aceito que possas achar isso.

+ outro beijo
Bollamaria